[DUVIDAS] Uso diário das pomadas anestésicas + Treinar o cérebro a não ejacular tão cedo.

Ir em baixo

[DUVIDAS] Uso diário das pomadas anestésicas + Treinar o cérebro a não ejacular tão cedo.

Mensagem por JoãoBolão em Qua Jan 24, 2018 4:17 pm

Pessoal, acabei de me registrar no fórum pois tenho duas duvidas e gostaria da opinião de vocês.

1ª: Se eu usasse alguma pomada anestésica ( emla, lidocaína.... ) diariamente, seria possível reduzir gradativamente a sensibilidade da glande ? Usando doses adequadas obviamente, ou será que o efeito anestésico não é algo que "acumule" com o passar do tempo ? A duvida surgiu depois que soube a respeito da existência de sensibilidades maiores na glande de alguns homens. Eu sempre tento deixar a glande exposta na cueca pra ver se consigo diminuir a sensibilidade, mas também não é um fato que eu acredite 100%, mas qualquer opção é bem vinda.

2ª: Essa duvida é sobre acostumar o cérebro a ejacular muito rápido. Digo isso por que um professor de biologia ( ele já tem uns 65 anos porém tem uma vida sexual ativa com uma namorada de 20 e poucos anos, lógico que usa os remédios da vida rsrsrs) e ele disse numa aula que sempre que estimulamos o cérebro com algo prazeroso, seja um chocolate, uma droga, ou até mesmo a ejaculação, o cérebro se acostuma com esse prazer e sempre que o estimulamos novamente ele busca por esse prazer ( é como acostumar seu cachorro a dar a pata pois ele sabe que assim vai ganhar um biscoito). No caso da masturbação, seria da seguinte maneira: Além de você se masturbar rápido, assiste um porno ( com aquelas loironas gostosas, e a industria do porno sempre focando o prazer masculino) o que resulta numa ejaculação mais rápido devido a maior excitabilidade que você tem naquele momento. Isso faria com o que o cérebro se acostumasse a relacionar rapidamente a sensação de prazer da masturbação com a ejaculação, ocasionando numa EP. Resumindo, bater punheta rápido demais sem controle faz o cérebro "mandar" ejacular mais depressa com o passar do tempo. Alguém já ouviu falar disso ? Eu não achei nenhuma referencia boa sobre, mas a uns meses tenho feito essa pratica de me masturbar mais devagar, comecei até a fazer yoga contra essa ansiedade, mas não é algo que eu digo "nossa agora já fico 1h metendo sem gozar". Não sei se sofro de EP real, pois tem dias que consigo levar o sexo numa boa, num tempo satisfatório tanto pra mim quando pra parceira, mas tem vezes que é por a camisinha e ela começar a sentar e puff.... gozada.

Desculpa o textão, e aguardo a opinião de vocês. Abraços !

JoãoBolão

Mensagens : 10
Data de inscrição : 24/01/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DUVIDAS] Uso diário das pomadas anestésicas + Treinar o cérebro a não ejacular tão cedo.

Mensagem por KlC em Sex Abr 13, 2018 12:00 am

Boa noite. Quanto a primeira pergunta: o efeito dos anestésicos infelizmente não é cumulativo. Estou começando a fazer uso da lidocaína a 5% mas é preciso calcular com uns 20-30 min de antecedência a relação. Inclusive hoje testei masturbar usando xilocaína a 10%. Achei que tinha matado meu pênis. Borrifei apenas na glande no entanto espalhou pra ele por inteiro. Acredito que a concentração é muito alta. O spray parece ser bastante efetivo e com melhor absorção. Quanto a deixar a glande em atrito com a cueca me parece mito. Muitos aqui foram circuncidados ainda na infância no entanto ainda mantém a sensibilidade alta.Ja sobre as questões do cérebro realmente acredito que se possa desenvolver técnicas para uso em associação com medicamentos. A pomada anestésica tem funcionado muito bem pra mim porém existe o incômodo da necessidade de se prever a relação. E quando aparecer a oportunidade sem eu esperar? Realmente é necessário se aprofundar em técnicas que nos auxiliem nas mais variadas situações.

KlC

Mensagens : 27
Data de inscrição : 11/04/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DUVIDAS] Uso diário das pomadas anestésicas + Treinar o cérebro a não ejacular tão cedo.

Mensagem por Rubens Filho em Sex Abr 13, 2018 5:26 pm

KLC , os estudos comprovam que todos aqueles que iniciaram suas atividades sexuais com muita masturbação quando jovem , desencadearam problemas de EP , eu sou testemunha vida , pois comecei a me masturbar muito cedo e sempre muito rapido querendo atingir o objetivo rapido ..
Creio sim que com o uso das pomadas vc vai condicionando o seu cerebro para o controle da ejaculação , tenho sentido uma grande melhora .

Rubens Filho

Mensagens : 118
Data de inscrição : 30/08/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DUVIDAS] Uso diário das pomadas anestésicas + Treinar o cérebro a não ejacular tão cedo.

Mensagem por KlC em Sab Abr 14, 2018 12:47 am

Sim o cérebro irá se condicionando com certeza a identificar o momento de gozar facilitando o controle só não acredito no efeito cumulativo. Como se a lidocaína permanecesse residual no organismo diminuindo a sensibilidade da glande.

KlC

Mensagens : 27
Data de inscrição : 11/04/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DUVIDAS] Uso diário das pomadas anestésicas + Treinar o cérebro a não ejacular tão cedo.

Mensagem por lucas_cintra em Qui Abr 26, 2018 1:55 am

Treinar o cérebro é muito importante mesmo... tem também um medicamento chamado Priligy, aprovado com ação cerebral, dando sinal para retardar a mensagem do cérebro para o órgão ejacular.

lucas_cintra

Mensagens : 9
Data de inscrição : 20/04/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DUVIDAS] Uso diário das pomadas anestésicas + Treinar o cérebro a não ejacular tão cedo.

Mensagem por KlC em Qui Abr 26, 2018 10:37 am

Bom dia. Com relação aos AD, em especial a fluoxetina, observei duas coisas: retardo ejaculatorio em decorrência de uma diminuição na excitação sexual levando a uma percepção de sua aproximação e uma diminuição na potência de ereção sem perda da libido, ou seja, você apresenta o desejo em alto nível porém a ereção não é correspondente alcançando cerca de 90%. Coisa que não observei utilizando a lidocaína. Tive acesso também a um gel com benzocaína mas ainda não testei na relação. Pelo que vi tem também um bom efeito prolongado. Estou iniciando experiências de cunho psicológico para controle de ansiedade, excitação e estresse que creio serem os pontos centrais na questão da EP. Inclusive para aqueles, como eu, com hipersensibilidade da glande. Isso explicaria os episódios de escape em que consigo ter controle por um bom tempo sem utilizar medicamentos ou bebidas. Se pararmos para pensar, estamos tentando alcançar um estado de tranquilidade, baixa excitação, através de métodos paliativos.

KlC

Mensagens : 27
Data de inscrição : 11/04/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [DUVIDAS] Uso diário das pomadas anestésicas + Treinar o cérebro a não ejacular tão cedo.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum